Como criar formas para concreto armado?

Luiz Neto

09/02/2024, 21:40

O artigo a seguir apresenta informações sobre como criar formas para concreto armado, abordando técnicas e procedimentos necessários para a execução correta dessa etapa da construção. Com dicas e orientações, você aprenderá como criar formas de maneira eficiente e segura, garantindo a qualidade e durabilidade da estrutura.

Tabela: Como criar formas para concreto armado?

Passo Descrição
1 Planeje a forma desejada, considerando as dimensões e características da estrutura.
2 Escolha o material adequado para as formas, levando em conta a resistência e facilidade de manuseio.
3 Monte as formas de acordo com o projeto, utilizando pregos, parafusos ou grampos para fixação.
4 Verifique a nivelagem e alinhamento das formas, garantindo a precisão na execução da estrutura.
5 Após a concretagem, aguarde o tempo necessário para a cura do concreto antes de remover as formas.

Como fazer formas para concreto armado é um tema de grande importância para quem trabalha na área da construção civil. As formas, também conhecidas como caixarias, são estruturas temporárias que dão forma e suporte ao concreto durante a sua cura e secagem. Neste artigo, vamos abordar de maneira didática, dialogal e científica os diferentes tipos de formas para concreto armado e como fazer a montagem correta delas.

O que é concreto armado

O concreto armado é um material amplamente utilizado na construção civil, que consiste na mistura de cimento, areia, brita e água. Além desses componentes, é adicionada uma armadura de aço, que confere maior resistência à estrutura.

Função das formas ou caixarias

As formas ou caixarias têm a função de moldar o concreto, garantindo que ele adquira a forma desejada e seque corretamente. Elas também são responsáveis por suportar o peso do concreto fresco e das armaduras durante a sua aplicação.

Tipos de fôrmas para concreto armado

Fôrmas metálicas

As fôrmas metálicas são feitas de aço e possuem alta resistência e durabilidade. Elas são utilizadas principalmente em grandes obras, como edifícios e pontes. Suas principais vantagens são a facilidade de montagem e desmontagem, além da possibilidade de reutilização em diferentes projetos.

Fôrmas de madeira

As fôrmas de madeira são as mais comumente utilizadas em obras menores, como casas e pequenos prédios. Elas são feitas de tábuas de madeira compensada ou compensado resinado, que são fixadas por pregos ou parafusos. Suas principais vantagens são o baixo custo e a facilidade de manuseio.

Fôrmas de plástico

As fôrmas de plástico são uma opção mais recente e têm ganhado cada vez mais espaço na construção civil. Elas são feitas de polipropileno ou polietileno e possuem encaixes que permitem a montagem rápida e precisa. Suas principais vantagens são a leveza, a resistência e a durabilidade.

Fôrmas modulares

As fôrmas modulares são compostas por painéis pré-fabricados que se encaixam entre si, formando a estrutura desejada. Elas são muito utilizadas em construções pré-fabricadas, como galpões e estruturas industriais. Suas principais vantagens são a rapidez na montagem e desmontagem, além da possibilidade de reutilização.

Como fazer a montagem das fôrmas

Passo a passo para construir as diferentes caixarias

A montagem das fôrmas varia de acordo com o tipo de estrutura que será construída. A seguir, apresentamos um passo a passo para a montagem das principais caixarias:

Fôrmas para pilares

  1. Fixe as tábuas de madeira ou os painéis metálicos na posição vertical, formando o contorno do pilar.
  2. Verifique o prumo e o alinhamento das tábuas ou painéis.
  3. Fixe as tábuas ou painéis com pregos ou parafusos.
  4. Coloque as escoras para garantir a estabilidade da fôrma.

Fôrmas para vigas

  1. Fixe as tábuas de madeira ou os painéis metálicos na posição horizontal, formando o contorno da viga.
  2. Verifique o nivelamento das tábuas ou painéis.
  3. Fixe as tábuas ou painéis com pregos ou parafusos.
  4. Coloque as escoras para garantir a estabilidade da fôrma.

Fôrmas para lajes

  1. Fixe as tábuas de madeira ou os painéis metálicos na posição horizontal, formando o contorno da laje.
  2. Verifique o nivelamento das tábuas ou painéis.
  3. Fixe as tábuas ou painéis com pregos ou parafusos.
  4. Coloque as escoras para garantir a estabilidade da fôrma.

Fôrmas para sapatas

  1. Fixe as tábuas de madeira ou os painéis metálicos no formato da sapata.
  2. Verifique o nivelamento das tábuas ou painéis.
  3. Fixe as tábuas ou painéis com pregos ou parafusos.
  4. Coloque as escoras para garantir a estabilidade da fôrma.

Fôrmas para blocos

  1. Utilize fôrmas de plástico ou madeira para moldar os blocos de concreto.
  2. Verifique o nivelamento das fôrmas.
  3. Preencha as fôrmas com o concreto e aguarde a cura.
  4. Desenforme os blocos e os deixe secar completamente.

Fôrmas para paredes

  1. Fixe as tábuas de madeira ou os painéis metálicos na posição vertical, formando o contorno da parede.
  2. Verifique o prumo e o alinhamento das tábuas ou painéis.
  3. Fixe as tábuas ou painéis com pregos ou parafusos.
  4. Coloque as escoras para garantir a estabilidade da fôrma.

Fôrmas para escadas

  1. Utilize fôrmas pré-fabricadas para a montagem das escadas.
  2. Verifique o nivelamento das fôrmas.
  3. Preencha as fôrmas com o concreto e aguarde a cura.
  4. Desenforme as escadas e as deixe secar completamente.

Fôrmas para concreto aparente

  1. Utilize fôrmas de madeira com acabamento liso para garantir um concreto aparente de qualidade.
  2. Verifique o nivelamento das fôrmas.
  3. Preencha as fôrmas com o concreto e aguarde a cura.
  4. Desenforme o concreto e faça o acabamento final.

Traço de concreto

Indicação de quantidade dos materiais

Para fazer o traço de concreto, é necessário calcular a quantidade de cada material necessário. A proporção dos materiais varia de acordo com o tipo de estrutura a ser construída e a resistência desejada. É importante consultar as normas técnicas e seguir as recomendações do projeto estrutural.

Exemplos de traços com suas proporções

Alguns exemplos de traços de concreto são:

  • 1:2:3 (cimento, areia, brita)
  • 1:1,5:2 (cimento, areia, brita)
  • 1:2:4 (cimento, areia, brita)
  • 1:3:6 (cimento, areia, brita)

FAQ - Perguntas frequentes

1. Qual a importância das formas para concreto armado?

As formas são fundamentais para moldar o concreto e garantir a qualidade da estrutura. Elas também proporcionam segurança durante a execução da obra.

2. Quais são os principais tipos de formas para concreto armado?

Os principais tipos de formas são as metálicas, de madeira, de plástico e modulares.

3. Quais são as vantagens das fôrmas metálicas?

As fôrmas metálicas são resistentes, duráveis, fáceis de montar e desmontar, além de poderem ser reutilizadas em diferentes projetos.

4. Como fazer a montagem das fôrmas para lajes?

Para montar as fôrmas para lajes, é necessário fixar as tábuas ou painéis na posição horizontal, verificar o nivelamento e fixar as tábuas ou painéis com pregos ou parafusos. Em seguida, é preciso colocar escoras para garantir a estabilidade da fôrma.

5. O que é traço de concreto?

O traço de concreto é a proporção dos materiais utilizados na mistura, como cimento, areia e brita. Ele varia de acordo com o tipo de estrutura a ser construída e a resistência desejada.