Quais são as dicas para instalar contrapiso corretamente?

Luiz Neto

16/05/2024, 12:40

Instalar o contrapiso de forma correta é essencial para garantir a durabilidade e a estabilidade do piso. Confira neste artigo algumas dicas importantes para realizar essa etapa da obra com sucesso.

Dicas para instalar contrapiso corretamente

Dica Descrição
Preparação do terreno Limpeza e nivelamento do solo antes de aplicar o contrapiso.
Escolha do material Utilizar materiais de qualidade e adequados para o contrapiso.
Proporção de mistura Seguir as recomendações do fabricante para a proporção de água e cimento.
Tempo de cura Respeitar o tempo de secagem do contrapiso antes de aplicar o revestimento final.

Quando se trata de construção ou reforma, a instalação do contrapiso é uma etapa fundamental para garantir a durabilidade e a estética do piso. No entanto, muitas pessoas cometem erros durante esse processo, o que pode resultar em problemas futuros. Neste artigo, vamos apresentar algumas dicas para não errar na instalação do contrapiso.

Tipo de contrapiso

Antes de iniciar a instalação do contrapiso, é importante conhecer os diferentes tipos disponíveis:

Concreto

O contrapiso de concreto é um dos mais comuns e pode ser utilizado em diferentes tipos de obras. Ele é resistente e durável, sendo indicado principalmente para áreas externas.

Argamassa

A argamassa é uma mistura de cimento, areia e água, que forma uma massa homogênea. Ela é aplicada diretamente sobre a base, proporcionando um nivelamento adequado para a instalação do piso.

Armado

O contrapiso armado é utilizado em locais que necessitam de maior resistência, como garagens e áreas de grande circulação. Ele é reforçado com uma malha de aço, o que o torna mais resistente a impactos e cargas.

Flutuante

O contrapiso flutuante é uma opção mais recente e tem como principal característica a facilidade de instalação. Ele é composto por placas modulares que se encaixam entre si, dispensando o uso de argamassa.

Normas e especificações técnicas

Para garantir a qualidade do contrapiso, é importante seguir as normas e especificações técnicas adequadas. Algumas das principais normas são:

NBR ABNT 13.753 - Revestimento de piso com placas cerâmicas

Essa norma estabelece os requisitos mínimos para a instalação de revestimentos cerâmicos, incluindo o contrapiso. Ela aborda questões como a preparação da base, a aplicação da argamassa e o assentamento das placas.

NBR ABNT 12.260 - Piso com argamassa de alta resistência mecânica

Essa norma define os requisitos para a execução de pisos com argamassa de alta resistência mecânica, que são utilizados em áreas sujeitas a cargas pesadas. Ela estabelece critérios para a preparação da base, a aplicação da argamassa e o acabamento final.

Passo a passo da execução do contrapiso

A execução do contrapiso envolve diversas etapas, que devem ser seguidas corretamente para garantir um resultado satisfatório. Veja o passo a passo:

Limpeza e impermeabilização

Antes de iniciar a aplicação do contrapiso, é importante limpar e impermeabilizar a base, garantindo que não haja umidade ou sujeira que possam comprometer a aderência da argamassa.

Nível de referência

Defina um nível de referência em todo o perímetro da área a ser contrapisada. Esse nível servirá como guia para garantir que o contrapiso fique nivelado.

Nivelamento

Com o nível de referência estabelecido, inicie o nivelamento do contrapiso. Utilize uma régua de alumínio ou uma desempenadeira para espalhar a argamassa de forma homogênea.

Aplicação da argamassa

Aplique a argamassa sobre a base, utilizando uma colher de pedreiro ou uma desempenadeira. Espalhe a argamassa de maneira uniforme, evitando a formação de poças d'água.

Compactação

Após a aplicação da argamassa, utilize um soquete de borracha ou uma placa vibratória para compactar o contrapiso. Isso garantirá maior resistência e durabilidade.

Acabamento

Realize o acabamento do contrapiso utilizando uma desempenadeira. Alise a superfície, removendo as imperfeições e deixando-a nivelada.

Limpeza final e período de cura

Por fim, realize uma limpeza final para remover resíduos e aguarde o período de cura do contrapiso, que pode variar de acordo com o tipo de argamassa utilizada.

Dicas para evitar erros na instalação do contrapiso

Agora que você já conhece o processo de instalação do contrapiso, confira algumas dicas para evitar erros:

Importância da impermeabilização

Antes de aplicar o contrapiso, certifique-se de que a base esteja devidamente impermeabilizada. Isso evitará problemas futuros, como infiltrações.

Limpeza meticulosa antes de começar

Realize uma limpeza minuciosa na base antes de iniciar a instalação do contrapiso. Remova qualquer sujeira, umidade ou resíduos que possam comprometer a aderência da argamassa.

Apiloamento para garantir nivelamento

Utilize um apiloamento para garantir o nivelamento do contrapiso. Isso evitará a formação de irregularidades e poças d'água.

Cautela na determinação do nível de referência

Seja cuidadoso ao definir o nível de referência do contrapiso. Um erro nessa etapa pode comprometer todo o resultado final.

Aplicação homogênea da argamassa

Garanta que a argamassa seja aplicada de forma homogênea, evitando áreas com excesso ou falta de material. Isso proporcionará um contrapiso uniforme e resistente.

Nivelamento da superfície para evitar poças d'água

Durante o processo de nivelamento, verifique constantemente a superfície para evitar a formação de poças d'água. Isso garantirá um contrapiso mais durável e resistente.

Distribuição da argamassa entre as mestras

Quando utilizar mestras para nivelar o contrapiso, distribua a argamassa de forma uniforme entre elas. Isso evitará diferenças de altura e garantirá um resultado final mais satisfatório.

Acabamento final e respeito ao período de cura

Realize um acabamento final cuidadoso, removendo imperfeições e deixando a superfície nivelada. Além disso, respeite o período de cura do contrapiso, evitando o tráfego de pessoas ou a instalação do piso antes do tempo necessário.

FAQ sobre instalação do contrapiso

Pergunta 1: Qual é a importância do contrapiso na instalação do piso?

Resposta: O contrapiso é fundamental para garantir a durabilidade e a estética do piso. Ele proporciona um nivelamento adequado e evita problemas futuros, como o descolamento ou o trincamento das peças.

Pergunta 2: Posso utilizar qualquer tipo de argamassa para o contrapiso?

Resposta: Não. É importante utilizar uma argamassa adequada para o tipo de piso que será instalado. Consulte as especificações do fabricante e siga as recomendações técnicas.

Pergunta 3: É possível fazer o contrapiso sem contratar um profissional?

Resposta: Sim, é possível fazer o contrapiso por conta própria, desde que você tenha conhecimento técnico e siga as orientações corretas. No entanto, é recomendável contratar um profissional especializado para garantir um resultado satisfatório.

Pergunta 4: Quanto tempo devo esperar para instalar o piso após a execução do contrapiso?

Resposta: O tempo de espera pode variar de acordo com o tipo de argamassa utilizada. Geralmente, é recomendado aguardar pelo menos 7 dias antes de instalar o piso, para garantir a completa cura do contrapiso.

Pergunta 5: Posso utilizar o contrapiso antigo como base para a instalação de um novo contrapiso?

Resposta: Em alguns casos, é possível utilizar o contrapiso antigo como base para a instalação de um novo contrapiso. No entanto, é importante avaliar as condições do contrapiso existente e realizar os devidos reparos, se necessário.